Colagem – Acontece no KDZ 5

Colagem

Como é divertido fazer colagens! Além de ser uma brincadeira divertida, por envolver cores, texturas e tamanhos diferentes, a colagem permite desenvolver a autonomia e o desenvolvimento da coordenação motora fina. Ela também auxilia no processo de amadurecimento emocional dos nossos pequenos.

Desde que aprende a reconhecer-se como sujeito, a criança começa a se interessar por atividades que possam ser desenvolvidas com menos ajuda possível de um adulto. Aproveitamos esse momento para incentivar que a criança explore sua criatividade e capacidade de interação com os coleguinhas.

Ainda que seja oferecido um desenho com traçados limitados, é importante permitir que a criança cole o material designado a essa finalidade onde lhe for conveniente. Fora o aspecto motor que será desenvolvido, nesse momento estamos moldando a segurança emocional da criança, que passará a compreender que pode tomar as próprias decisões. Nunca diga a uma criança que o material foi colado errado, que o desenho está torto ou ainda, que precisa de retoques. Tolher a criatividade da criança sugere ao seu subconsciente que ela não está pronta para enfrentar o meio que a cerca.

Nós, instituição e família, precisamos lembrar sempre que desenvolvimento infantil inclui preparar um adulto seguro para o mundo. Atividades meticulosamente terminadas nem sempre sugerem que houve prazer em realizá-las. Pelo contrário, em muitas dessas atividades foi direcionada uma alta carga de estresse por parte da criança, preocupada em não frustrar as expectativas que a cercam.

Pensemos em desenvolver as habilidades dos nossos pequenos sem esquecermos de deixá-los serem crianças e viverem cada fase em seu tempo. Eles não aprenderão menos por isso. Muito pelo contrário, terão a confiança necessária para arriscar, errar e consequente aprender com suas tentativas. Tão importante quanto todas as áreas de conhecimento que uma criança possa absorver, são seus olhinhos brilhando com a descoberta prazerosa, diversão e prazer que encontra ao conquistar um objetivo.

Priscila Dutra – Coordenadora de Projetos Asa Norte